domingo, 8 de agosto de 2010

MENSAGEM PARA REFLEXÃO

É NECESSARIO UMA SAFENA ESPIRITUAL
Que crise! A igreja evangélica brasileira agoniza, falta ar verdadeiro nos pulmões espirituais. O coração bate fraco, descompassado, arrítmico. A pregação sadia está escassa nos púlpitos. Pastores que eram paradigmas de vida santa e ilibada estão se corrompendo. O grosso dinheiro tem cegado a muitos. Enquanto o ouro e a prata aumentam, falta unção para dizer ao mundo que Jesus ainda cura o doente, tanto da alma quanto do corpo. As brigas pelos campos eclesiásticos vêm à tona para a sociedade, que nada tem a ver de quem é ou não esse campo. Verdadeiros reinos neste mundo estão sendo construído. Em muitos campos já impera a dinastia eclesial, pois, o campo não é entregue a um que não seja da família em hipótese alguma. Os profetas de plantão estão ai. Prontos para dar uma profetada do tipo: “Meu servo, este lugar é teu, fui eu quem te colocou e ninguém pode tomar”. Com isso ganham prestigio, fama, e, uns trocados, dos que estão na eminência do poder.
E a Igreja? Bom, a igreja está sufocada. Vive das migalhas da Palavra. De vez em quando, surge um pregador, que abre a Bíblia e prega a mensagem de Deus, como acontecia no Antigo Testamento. Então, a Igreja se alegra, respira um pouco os ares puros do hálito do Senhor, ai, os donos do poder logo dão um fim nele, quer dizer, proíbem-lhe o púlpito, pois, pregar a verdadeira Palavra, pode colocar em risco o seu governo autoritário. Entendo que, precisamos urgentemente de uma cirurgia do coração, senão, a igreja evangélica brasileira poderá ter um colapso sem voltas. Oremos ao Senhor que mude esse quadro, pois não estamos precisamos de reveladores, nem de profetinhas que falem o óbvio para enganar a mente dos incautos. Animadores de platéia e faladores de línguas estranhas (bem estranhas). Estamos precisando de homens de Deus, que em primeiro lugar vivam a Palavra como disse Paulo a Timóteo: “...mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza” (Tm 4.12). Homens que estejam de fato preocupados com o bem estar espiritual do rebanho, pois acima de tudo, estamos preparando a Igreja para o encontro com Cristo Jesus, o noivo amado (2Co 11.2

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário